A receita que deu meio certo (ou Bolo de iogurte com chocolate ou Torradas doces)

Prefiro uma solução simples a uma complexa. Ainda que a solução simples tenha demorado três semanas para se mostrar simples e que a complexa venha logo, num sonho repentino no meio da noite.

Assim é com as receitas (isso mesmo, receitas de comidas!). Bem, pelo menos por enquanto.

Além de ser gostosa, tem que ser criativa, fácil e prática. Sim, porque eu ainda não tenho intimidade – nem tempo – suficiente com a cozinha/o fogão para preparar aqueles pratos pequenos complexos e deliciosos que estão na moda.

Há uns meses tentei um bolo. Fazia tempo que queria superar esse trauma. Tentei várias vezes e nunca consegui fazer um do qual tivesse orgulho. Para tentar mais uma vez, teria que ser uma receita do jeito que eu gosto (que já descrevi ali em cima).

Peguei no Blog da minha vizinha mais querida e mais competente na cozinha, Luciana, que me inspirou para esse blog e para tentar superar esse e outros traumas na cozinha. Mas a receita ela também copiou daqui, outro blog muito bacana.

Consegui me identificar de cara com essa receita. Primeiro porque é com iogurte e eu amo iogurte e quase tudo o que é feito com ele. Segundo porque é com Ovomaltine e eu amo esse negócio desde que eu entendo que sou gente (quando criança – e ainda hoje – junto numa xícara leite condensado e esse tal pozinho da felicidade. Não há quem resista! Dica: coloque essa mistura por 5 minutos no congelador e você terá uma sobremesa dos deuses!) Terceiro porque é um bolo de liquidificador. Que maravilha!

De longe até parece que deu certo!

Como a praticidade é uma das virtudes que mais me perseguem nessas horas, geralmente tento usar o que já tenho em casa. Usei chocolate em pó, porque não tinha Ovomaltine aqui ( pois esse é muito perigoso perto de mim!). E os ovos? ah, os ovos eu tinha sim, mas antes (eu já disse que sou neurótica?) passei meia hora tentando tirar todos (todos) os resquícios de pele – ou algo que os valha – para não sentir cheiro de ovo. E mais: antes de colocar no liquidificador (invenção humana das mais preciosas) bati os ovos com um fouet (obrigada blogs culinários, por me ensinarem o que é um desses!) até não sentir mais o cheiro dos danados. Ok, já deu pra ver que a praticidade as vezes foge de mim, não é?

A epopéia do bolo ( a partir de agora denominado Suplicante) estava só por começar: Como em outras vezes, o suplicante “solou” (que vem do verbo “solar”, mas não guarda referência nenhuma com a prática virtuosa, solitária e improvisada de tocar um instrumento), ou seja, não deu muito certo. Isso quer dizer que deu metade certo ( ou metade errado – pros menos otimistas – ou pros mais pessimistas). Aliás, pros pessimistas acho que um bolo “metade errado” já é um bolo errado. Assim como não existem meios buracos, ou ser meio ladrão.

Mesmo sendo otimista, ainda não era o que eu esperava. metade certo ainda não era o suficiente.

Um dos meus pensamentos (malucos)  aqui em casa é que nada se perde ( a menos que esteja fora da validade).

Então, no outro dia, quando já havia exposto o suplicante ao olhar (e paladar) do marido e ao meu, depois de já ter me convencido de que um dia ou dois não iriam deixar mais fofo ou mais sequinho o tal troféu de bronze, decidi fatiá-lo e colocá-lo na assadeira por algumas dezenas de minutos. Não sei como é o nome disso que se fez, só sei que aprendi com mamãe e com meus erros que, bolo ruim, ou bolo que dá errado, sempre dão ótimas “torradas de bolo”. Marido adorou e levou para o trabalho, onde fez o maior sucesso do Brasil. Pediram até receita e tudo!

A receita, minha comadre, é meio difícil: fazer um bolo propositalmente errado, esperar um ou dois dias para ter certeza que deu realmente errado, fatiar, colocar em uma assadeira e servir depois de frio (depois que esfria é que as torradas ficam mais crocantes e sequinhas).

O bolo (receita pra dar certo) é o seguinte:

Ingredientes:
4 ovos
1 copo de iogurte natural
1 medida do copo (menos um dedo) de óleo
2 medidas do copo de açúcar
2 medidas do copo de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
3 a 4 colheres (sopa) de Ovomaltine (opcional)

Pré-aqueça o forno em temperatura média. Unte e polvilhe uma forma com buraco no meio e reserve. Bata no liquidificador os ovos, o iogurte, o óleo e o açúcar. Despeje a mistura num recipiente e adicione a farinha de trigo e o fermento, misturando com uma colher de pau ou fouet, até que a massa fique homogênea. Despeje metade da massa na forma e cubra com Ovomaltine, distribuindo por cima. Cubra com o restante da massa e leve ao forno por cerca de 25 minutos, ou até que passe no teste do palito.

Qualquer dia desses eu tento novamente. É questão de honra.

 

Esse post foi publicado em Na cozinha. Bookmark o link permanente.

5 respostas para A receita que deu meio certo (ou Bolo de iogurte com chocolate ou Torradas doces)

  1. Claudio Mendes disse:

    Quando der certo, me chame pro bolo. Se der errado, me chame pras torradas. =)

  2. Tudo na vida é uma questão de consertar depois, hehehehe.😀
    Vou cobrar atualizações! Beijos!!!

  3. Tuana disse:

    Juzinha, adorei o blog. Seu bolo vai dar certo sim. Tenta aumentar a temperatura do teu forno um pouquinho… Pode ser que funcione.

  4. jucampelo disse:

    -Mendes, te chamo sim, bonito! hehehhehe
    -Lu, vou tentar atualizar sempre🙂 valeu pela força!
    -Tu, pois eu tava achando que era justamente o contrário: o forno estava muito alto. Daí cozinhou por fora e por dentro ficou meio úmido.
    beijão!😉

    • Tuana disse:

      Acho que pode ser tanto um como o outro. Se estiver muito quente acontece isso, mas se estiver pouco quente ele tambem fica solado… Eu lembro que a mamãe tinha um forno que o bolo sempre solava, tentamos de tudo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s