Fusilli ao pesto

Dizem que o molho al sugo é o que mais permite que você sinta o verdadeiro sabor da massa. Eu digo que o molho pesto também te dá essa possibilidade. O nome é chique e parece coisa de outro mundo, mas minha intenção aqui, pelo menos por enquanto, não é me gabar de que consegui fazer algo, e sim mostrar que é possível fazer. Sem mistérios. Também não quero subestimar e sim desmistificar. Pra mim, cozinhar parecia uma ciência distante, que só aprendia realmente quem se dedicasse bastante, frequentasse a Cordon Bleu ou quem fosse mãe de mais de 3 (eu estou brincando, ok?). Mas aos poucos fui vendo que não é um bicho de tantas cabeças assim.

Esse molho também é para os dias preguiçosos, pois você pode prepará-lo um dia antes e guardar na geladeira. Mesmo que seja feito no dia, é rápido e é servido frio com a massa (ele acaba ficando quente por conta do calor da massa), ou seja, não temos que ficar na beirada do fogão o tempo inteiro: faça o pesto enquanto a água ferve. Prefiro o fusilli para esse tipo de molho, pois por este ser meio “sólido”, o parafuso consegue agregar bem os pedacinhos de manjericão e castanha.

Existem variações do molho pesto, mas o original se faz com manjericão, azeite, pinhões (pinoli), sal grosso, parmesão e sal. Pode-se substituir os pinhões (por castanha de caju, nozes, pistaches, sementes etc.), o manjericão (por espinafre, hortelã, rúcula etc.) o queijo etc. Acrescentar limão, tomate seco, berinjela e tudo o que sua imaginação (e mania) brasileira inventar. A receita em que me baseei foi do blog da Lu, só que usei castanha de caju, mais limão, sal grosso e bati tudo no liquidificador. O manjericão que usei foi aquele pequeno, mas o ideal seria o de folhas grandes.

Fusilli ao pesto

Ingredientes (para 2 pessoas):

Para o pesto:

2 xícaras de folhas de manjericão
1/4 xícara de queijo parmesão ralado
1/2 xícara de castanhas-do-pará picadas
2 dentes de alho amassados
2 colheres de sopa de suco de limão
1/4 xícara de azeite de oliva
Sal grosso a gosto

Para a massa:

250g de massa de sua preferência (utilizei um fusilli Grano Duro – o que garantiu a aldencia* do macarrão).

*Termo criado por essa que vos escreve, por falta de um termo melhor.

Modo de preparo:

Bater todos os ingredientes no liquidificador, exceto o limão. Não bater muito, para o molho não ficar totalmente líquido e o manjericão não amargar. Ferva 2,5l de água com sal (a água deverá estar com “gosto de mar”). Seguir as instruções de cozimento na embalagem da massa. Misturar o molho com a massa pronta e servir em seguida.

Esse post foi publicado em Na cozinha. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Fusilli ao pesto

  1. Tuana disse:

    Pesto é sem dúvida o meu preferido! Sempre peço em qualquer restaurante e de vez em quando faço em casa… Em restaurante é raríssimo ser feito com a castanha. O teu ficou muito lindo e com certeza muito gostoso também!

  2. Acho que com a castanha-do-pará fica até melhor do que com os pinoles, Ju.
    Sempre quero fazer de rúcula e nunca faço…😀

  3. Pingback: Salada de tomates | Sim, please.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s